Hauz |

Residência RN

Itaúna | MG

  • ÁREA DO TERRENO:
  • 26.650m²
  • ÁREA CONSTRUÍDA:
  • 1.300m²
  • ARQUITETURA:
  • Jacobsen Arquitetura
  • PROJETO DE INTERIORES:
  • Jacobsen Arquitetura
  • CONSTRUÇÃO:
  • HAUZ Construções Personalizadas
  • PAISAGISMO:
  • Rodrigo Oliveira
  • NÚMERO DE PAVIMENTOS:
  • 1 pavimento
  • FOTOGRAFIA / PERSPECTIVAS:
  • Fernando Guerra
  • GERENCIAMENTO:
  • Squaly Gerenciamento
Mais conhecida como "Casa da Árvore", a Residência RN foi uma das vencedoras do Prêmio Obra do Ano 2021 do Arch Daily. A casa foi projetada para um casal, seus filhos e netos passarem finais de semana e férias à beira de uma grande represa, num aprazível local onde se destacam as possibilidades de integração entre a arquitetura e a natureza. O projeto foi desenvolvido em torno da árvore, de modo a criar uma grande área plana e ajardinada, definida pelo nível das raízes. A planta térrea, que assume contornos assimétricos, enquadra o pátio, delimitado lateralmente por salas e varandas e, aos fundos, por dormitórios. Assim, todos os ambientes da residência foram dotados de ampla vista para a área externa.
A Residência RN possui algumas peculiaridades construtivas para atendimento de uma série de premissas da Jacobsen Arquitetura, como o prazo de construção: a obra foi executada em 12 meses, ficando disponível para os clientes após esse período para a entrada da marcenaria. O beiral também foi concebido em estrutura metálica, com o intuito de atender o prazo curto de execução bem como para permitir a arquitetura trabalhar com grandes vãos suportados por pilares muito esbeltos e espaçados uns dos outro e foi revestido em ACM. A testeira do beiral ficou com 4 centímetros de altura e foi o primeiro beiral com essa medida executado pela arquitetura.
Toda casa teve o revestimento de piso em granito Branco Itaúnas e foram utilizadas pedras com grandes formatos, com dimensão de até 2,60 x 1,80 metros. Já o piso externo foi assentado sobre uma rede de drenagem criada no contrapiso que coleta toda água entre as juntas das pedras, de 0,5cm, direcionando esta água para a rede de água pluvial. Esse sistema elimina todos os ralos aparentes.
As portas camarão foram concebidas em madeira freijó, com ferragens chilenas, que proporcionam um perfeito funcionamento na abertura. Na suíte master, sãp 4 folhas de madeira em apenas uma porta. O forro em madeira ripada foi executado com réguas de madeira Tauari, com largura de 3,5cm, que foram assentadas uma por uma para o perfeito espaçamento entre as mesmas, sem a marcação das juntas entre as peças.
Na suíte master, a cabeceira da cama foi fabricada utilizando-se o tronco de uma árvore, que foi todo lapidado para atendimento do ambiente bem como trabalhado internamente para recebimento de acabamentos elétricos e de automação integrados ao mesmo. A cabeceira foi colocada no ambiente com o auxílio de um caminhão munck devido ao peso da peça única. Além disso, você observou as árvores ap fundo? Foram transplantadas 9 palmeiras, quase todas com aproximadamente 20 metros de altura, e um Flamboyant de grande porte, que foram realocados para atendimento da arquitetura e aproveitamento das espécies que já estavam dentro da propriedade.
As luminárias instaladas no teto possuem dimensões que acompanham a largura das réguas de Tauari utilizadas no forro de madeira e quase imperceptíveis devido a este detalhe. Os balizadores dos painéis também foram integrados na madeira, conforme junta entre as peças para aparecimento apenas da luz, escondendo o corpo da luminária. Inclusive, todos os acabamentos elétricos integrados à marcenaria receberam uma folha de madeira para ficaram imperceptíveis no ambiente. Já as bancadas da área gourmet bem como cozinha foram executadas em Dekton, que é um revestimento proveniente da Espanha e possui alta resistência à abrasão.
O deck de madeira foi executado em Ipê com o auxilio de presilhas de alumínio que são instaladas sob as madeiras e ficam imperceptíveis. Após finalização, foi aplicado um verniz francês no deck cuja composição possui nanotecnologia que permite que a madeira seja protegida dos raios ultravioletas e ao mesmo tempo “envelheça” adquirindo a tonalidade cinza
A cobertura da residência foi impermeabilizada com o sistema de manta de PVC, com arremates específicos tanto no sistema em ACM do beiral, quanto no pergolado em vidros laminados e, após finalização foi todo coberto por argila expandida. De forma a integrar a casa ao ambiente, a laje do estacionamento da casa foi integrada ao jardim e recebeu por cima aproximadamente 40cm de terra para o plantio das espécies.
As esquadrias de alumínio utilizadas são do tipo minimalista, com perfis de alumínio de 2,5cm e todas as ferragens em aço inox, incluindo as roldanas. Os trilhos possuem um sistema de drenagem que se integra à rede de água pluvial que permite que os mesmos sejam instalados no mesmo nível do revestimento do piso. O tipo de roldana utilizado, com presença de esferas também em inox, proporciona maior leveza na abertura/fechamento das portas, que em alguns casos são de até 4 folhas que correm simultaneamente com o auxílio de do sistema denominado “mão de amigo”.

veja todas as imagens

RECEBA DICAS de decoração,
e TENDÊNCIAS para CONSTRUÇÃO
DE CASAs de alto padrÃO

newsletter